&ev=PageView&noscript=1"/> Fluxo de Caixa de Financiamento: entenda a sua importância
Contábil Empresarial

Qual a importância de um Fluxo de Caixa de Financiamento?

Publicado em 10/08/2022
Qual a importância de um Fluxo de Caixa de Financiamento?

Nós sabemos que cuidar das entradas e saídas do fluxo de caixa da sua empresa pode não ser a tarefa mais fácil, muitas vezes, gestores acabam se deparando com um lucro que não existe ou errando algumas contas, principalmente pelo fato de analisarem a entrada e saída de dinheiro de forma errada.

Contudo, o controle do fluxo de caixa é o que vai garantir maior visão estratégica do seu negócio. Por isso, neste artigo vamos tratar sobre a importância do fluxo de caixa de financiamento. Vamos lá?

Planejamento Financeiro: veja quais são os principais erros ao montar essa estratégia

O que é o Fluxo de Caixa de Financiamento?

A demonstração do fluxo de caixa é uma das três principais demonstrações financeiras que mostram o estado da saúde financeira de uma empresa.

É um conceito que deriva de uma outra ferramenta extremamente relevante que é o Demonstrativo de Fluxo de Caixa — modelo utilizado para controle de entradas e saídas das atividades financeiras em relação ao caixa da empresa.

No entanto, o fluxo de caixa de financiamento está ligado exclusivamente às atividades de financiamento, as quais abrangem uma série de transações financeiras.

Quando uma empresa emite ações, ela recebe dinheiro em troca. Essa entrada de caixa seria categorizada na seção de fluxo de caixa das atividades de financiamento. Da mesma forma, quando uma empresa faz pagamentos de dividendos ou recompra parte de sua dívida ou patrimônio, isso resultará em uma saída de caixa nessa seção.

Sendo assim, o fluxo de caixa de financiamento é uma das categorias do demonstrativo de fluxo de caixa que registra as atividades financeiras relacionadas à captação de recursos e ao pagamento de financiamentos, empréstimos e outros passivos financeiros de uma empresa durante um determinado período de tempo.

Por essa razão, o fluxo de caixa de financiamento fornece informações sobre como a empresa adquire e paga dívidas, bem como a entrada e saída de recursos relacionados ao financiamento. 

As atividades de financiamento incluídas no fluxo de caixa de financiamento são aquelas que envolvem a obtenção de recursos de terceiros, como acionistas, credores ou instituições financeiras, assim como a devolução desses recursos. Alguns exemplos de atividades de financiamento incluem:

O fluxo de caixa de financiamento é uma das categorias do demonstrativo de fluxo de caixa, que registra as atividades financeiras relacionadas à captação de recursos e ao pagamento de financiamentos, empréstimos e outros passivos financeiros de uma empresa durante um determinado período de tempo. Ele fornece informações sobre como a empresa adquire e paga dívidas, bem como a entrada e saída de recursos relacionados ao financiamento.

As atividades de financiamento incluídas no fluxo de caixa de financiamento são aquelas que envolvem a obtenção de recursos de terceiros, como acionistas, credores ou instituições financeiras, assim como a devolução desses recursos. Alguns exemplos de atividades de financiamento incluem:

  1. Emissão de ações: registra o dinheiro recebido quando a empresa emite novas ações no mercado.

  2. Pagamento de dividendos: registra os pagamentos feitos aos acionistas como distribuição de lucros.

  3. Pagamento de juros e principal de empréstimos: registra os pagamentos feitos em relação a empréstimos e financiamentos, incluindo juros e o reembolso do principal.

  4. Empréstimos obtidos: registra o dinheiro obtido pela empresa ao contrair novos empréstimos ou financiamentos.

  5. Resgate de ações: registra o dinheiro gasto para recomprar ações da empresa.

  6. Outras atividades de financiamento: pode incluir outras transações financeiras relevantes que não se enquadram nas categorias anteriores.

O fluxo de caixa de financiamento, juntamente com o fluxo de caixa das atividades operacionais e o fluxo de caixa das atividades de investimento, compõe o demonstrativo de fluxo de caixa completo. Esse demonstrativo é importante para os investidores, credores e gerentes, pois fornece uma visão clara das fontes e usos de recursos financeiros da empresa, auxiliando na avaliação da saúde financeira e na tomada de decisões estratégicas.

Capital de dívida ou patrimônio líquido

O fluxo de caixa de financiamento indica o meio pelo qual uma empresa levanta dinheiro para manter ou aumentar suas operações. A fonte de capital de uma empresa pode ser através de dívida ou capital próprio. Quando o investimento dos sócios não é o suficiente, o uso de capital vindo de terceiros, geralmente, é muito necessário em diversos momentos da história de uma empresa, porque esse capital vai ajudar a levantar recursos em momentos adversos ou mesmo permitir investimentos que aceleram o crescimento do negócio.

Ao mesmo tempo, esse tipo de operação financeira traz consigo um custo mensurado por meio da cobrança de juros. E esse tipo de atividade exige um acompanhamento próximo para não impactar demais na saúde das finanças do negócio. Portanto, esse é o exemplo perfeito para esclarecer que, resumidamente, um empréstimo ou um financiamento podem tanto gerar capital para a empresa, representando uma entrada de caixa, como exigir o pagamento da dívida ao longo do tempo, representando uma saída de caixa.

Dessa forma, o fluxo de caixa das atividades de financiamento fornece aos investidores informações sobre a solidez financeira de uma empresa e como a estrutura de capital de uma empresa é gerenciada.

Fluxo de Caixa Financeiro (FCF): operações na bolsa de valores 

Embora seja mais comum o uso de empréstimos no controle do Fluxo de Caixa de Financiamento, cabe ressaltar que esse não é o único tipo de operação que gera algum tipo de impacto para o caixa de uma companhia.

Outro caso em que há o uso dessa ferramenta para controle de caixa são as operações realizadas na bolsa de valores. É o caso, por exemplo, de uma recompra de ações. Nesse caso, a empresa julga que seus papéis são negociados a um preço atrativo, podendo realizar a aquisição desses ativos. O valor utilizado para a compra é lançado como saída de caixa.

Fluxo de Caixa Financeiro (FCF): positivo e negativo

O financiamento de dívida e capital próprio é refletido na seção de fluxo de caixa de financiamento, que varia de acordo com as diferentes estruturas de capital, políticas de dividendos ou prazos de dívida que as empresas possam ter.

Transações que causam fluxo de caixa positivo de atividades de financiamento:

  • Emissão de ações ou ações que são vendidas a investidores;
  • Empréstimo de dívida de um credor ou banco;
  • Emissão de títulos, refere-se a dívida que os investidores compram.

Um número positivo para o fluxo de caixa das atividades de financiamento significa que mais dinheiro está entrando na empresa do que saindo, o que aumenta os ativos da empresa.

Transações que causam fluxo de caixa negativo de atividades de financiamento

  • Recompras de ações;
  • Dividendos;
  • Pagando a dívida.

Números negativos podem significar que a empresa está pagando o serviço da dívida, mas também pode significar que a empresa está liquidando dívidas ou fazendo pagamentos de dividendos e recompras de ações, o que os investidores podem ficar felizes em ver.

O que é fluxo de caixa operacional e qual a importância para o seu negócio?

Vale ressaltar que:

Uma empresa que frequentemente recorre a novas dívidas ou ações para obter dinheiro pode apresentar fluxo de caixa positivo de atividades de financiamento. No entanto, pode ser um sinal de que a empresa não está gerando lucros suficientes. Além disso, à medida que as taxas de juros aumentam, os custos do serviço da dívida também aumentam. 

É importante que os investidores se aprofundem nos números porque um fluxo de caixa positivo pode não ser uma coisa boa para uma empresa já sobrecarregada com uma grande quantidade de dívidas. Por outro lado, se uma empresa está recomprando ações e emitindo dividendos enquanto os lucros da empresa estão com desempenho inferior, pode ser um sinal de alerta.

Por isso, qualquer mudança significativa no fluxo de caixa das atividades de financiamento deve levar os investidores a investigar as transações. Ao analisar a demonstração do fluxo de caixa de uma empresa, é importante considerar cada uma das várias seções que contribuem para a mudança geral em sua posição de caixa.

Conclusão

Agora você já entende que o fluxo de caixa de financiamento é de extrema importância para gestores e empresários, porque se trata de uma ferramenta, que permite o acompanhamento de uma empresa em relação à saúde financeira do negócio.

Sendo assim, o FCF é responsável por oferecer organização sobre todas as entradas e saídas de capital envolvendo as atividades de financiamento, tornando possível o monitoramento e análise de como o caixa vem sendo utilizado de maneira adequada.

Vale ressaltar que assim como qualquer indicador, é fundamental esclarecer que não se deve tomar uma decisão de investimento baseado em apenas uma métrica o fluxo de caixa de financiamento deve ser visto como um apoio a mais na hora de colocar os dados da empresa em ordem. 

O fluxo de caixa de financiamento ajuda as empresas a entender sua posição de caixa quando se trata de dívida e capital especificamente. No entanto, como todos os relatórios financeiros, é necessário que seja revisado periodicamente.

Os relatórios financeiros podem ser criados uma vez por mês, embora alguns empresários possam optar por revisá-los apenas trimestralmente ou anualmente. Para obter o máximo de suas demonstrações financeiras, mas revisões mensais vão te  ajudar a observar alterações de forma mais minuciosa e assim  você vai  ficar ciente de quaisquer riscos que essas alterações possam representar. 

Contudo, sabemos que não é uma tarefa tão simples. Por isso, contar com apoio especializado vai fazer toda a diferença nas suas análises de fluxo de caixa. Aqui na Mapah, nós criamos uma solução mais inovadora para te ajudar a tomar decisões mais inteligentes!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir