Quais são os principais indicadores de endividamento empresarial?
Filtro de Categorias
20/06/2022

Mapah

Quais são os principais indicadores de endividamento empresarial?

Quais são os principais indicadores de endividamento empresarial?

Um dos assuntos que mais causam medo nos empresários é o risco de endividamento. No mundo dos negócios, os índices de endividamento são bastante recorrentes. Contudo, é importante entender a situação financeira da sua empresa em detalhes.  

Pensando em facilitar o entendimento sobre esse assunto, no artigo de hoje, vamos apresentar os principais indicadores de endividamento empresarial.

O que são os indicadores de endividamento?

Trata-se de índices capazes de apontar o grau de endividamento de uma empresa. Esses dados são necessários para que os gestores tomem decisões estratégicas sobre os planos financeiros da empresa e também para ajudar investidores na hora de avaliar onde alocar seus devidos recursos.

Dessa forma, para avaliar se o índice de endividamento de uma empresa está em um nível aceitável, não é suficiente ter apenas os valores atuais, é importante acompanhar a evolução histórica dos dados e fazer um acompanhamento no decorrer do tempo.

• Relatórios gerenciais: quais são os mais importantes?

Relembrando conceitos importantes

Patrimônio líquido: valor que os sócios realmente possuem da empresa. É formado principalmente pelo capital social (investimento feito pelos sócios), por eventuais reservas de capital e pelo lucro durante um determinado período.

Ativo não circulante:  são bens que só poderão ser transformados em dinheiro a  longo prazo (superior a 1 ano).

Imobilizado: bens imobilizados que contribuem de alguma forma para a operação da empresa. Fazem parte do ativo não circulante e são também chamados de ativos permanentes da empresa. Podem ser móveis, máquinas, equipamentos e imóveis como: prédios, galpões, escritórios etc.

Passivo circulante:  são dívidas ou compromissos exigíveis a curto prazo (inferior a 1 ano), que se referem a dívidas com fornecedores, empréstimos bancários, provisões trabalhistas, impostos a pagar etc. 

Exigível de longo prazo: são dívidas ou compromissos que se referem a empréstimos bancários, financiamentos para aquisição de máquinas e equipamentos etc.

Os 4 principais indicadores de endividamento

Os indicadores de endividamento nos trazem a quantidade da dívida (nível do endividamento), ou seja, a incidência de capital de terceiros, qualidade da dívida e a estrutura de capital. Confira os principais indicadores:

1. Índice de endividamento geral (EG)

Um dos indicadores mais simples utilizado pelas empresas, ele tenta representar o valor total prometido para pagar os custos de terceiros, os passivos exigíveis.
Utilizando a fórmula abaixo você chega no resultado.

EG = (Capital de terceiros / Ativos totais) x 100

2. Margem Líquida

O maior objetivo da margem de lucro líquido como um indicador de dívida é ajudar os empresários a entender se os custos da empresa são altos.

Então, quanto maior o valor do indicador, melhor a empresa se sairá num momento de menor receita. 

Margem Líquida = Resultado líquido / Receita

3. Alto índice de empréstimos

Quando se fala em estrutura de capital, nos referimos à fonte de financiamento que a empresa utiliza para esse fim. Além disso, a utilização de fundos aplicados que pertençam a terceiros deve ser considerada como dívida.

Capital de Giro = Ativo Circulante - Passivo Circulante

4. Liquidez corrente

A liquidez corrente é o indicador que mostra se uma empresa possui recursos suficientes para manter as operações próprias em determinado período de tempo. Quando o resultado é igual ou maior que 1, significa que a empresa possui capital de giro para aquele momento.

Liquidez Corrente = Ativo Circulante / Passivo Circulante

Vale ressaltar que é essencial ter controle e disciplina, para que o índice de endividamento não ultrapasse seu limite. Por isso, ir em busca de recursos de longo prazo pode ser essencial. 

O objetivo dos recursos de longo prazo é que contribuam para o desenvolvimento financeiro e, consequentemente, para a estrutura de capital financeiro. Além disso, permite que a empresa continue a investir e obter retornos favoráveis, que atendam às necessidades de negócios, sem comprometer as finanças.

• Como medir a rentabilidade de uma empresa?

Conclusão

O índice de endividamento é uma ferramenta que os gestores podem utilizar para melhorar a situação financeira da empresa, buscando o máximo de informações para ajudar no processo.

• Gestão de Capital de Giro: como estruturar uma estratégia em sua empresa?

Vale ressaltar que não se deve considerar qualquer indicador de endividamento isoladamente, recomenda-se sempre utilizá-los de forma associada. Como estamos tratando de indicadores conhecidos e muito utilizados pelo mercado, é recomendável a comparação com índices-padrão de empresas do mesmo segmento.

É importante também acompanhar a evolução dos indicadores ao longo dos anos, isso pode trazer visões mais amplas sobre as variações de mercado que podem contribuir muito para a tomada de decisão. 

Os dados devem ser analisados por especialistas. O trabalho deve ser feito de forma conjunta para que assim sejam extraídos o maior número de informações relevantes para o negócio.

• Como identificar os índices de líquidez do seu negócio?

A Mapah pode ajudar o seu negócio! Através da nossa contabilidade consultiva, utilizamos dashboards dinâmicos e uma leitura de relatórios inteligentes, nossos especialistas proporcionam uma visão estratégica, com assertividade, segurança e qualidade. Entre em contato com um de nossos consultores e agende uma conversa para conhecer mais sobre a contabilidade como ferramenta de gestão. 

Newsletters

Cadastre-se e receba notícias
toda semana direto no seu e-mail!

Clique aqui

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir