&ev=PageView&noscript=1"/> Gestão executiva: o que é e quais as atribuições do gestor?
Contábil

O que é uma Gestão Executiva e quais são as responsabilidades?

Publicado em 06/10/2022
O que é uma Gestão Executiva e quais são as responsabilidades?

À medida que uma empresa continua a evoluir, uma gestão executiva forte impulsiona ainda mais os negócios. Diante da incerteza e da volatilidade, as organizações precisam de líderes eficazes em seu comando para reter funcionários e impulsionar o crescimento organizacional. 

Criar e implementar uma estrutura organizacional eficaz e bem-sucedida requer o apoio de uma gestão executiva. Sem as funções corretas do gerenciamento executivo, sua empresa não poderá ter um desempenho no nível que deveria porque essas atividades são altamente importantes para seu desenvolvimento.

O que é a gestão executiva, e qual o papel do gestor?

O gestor executivo é um profissional experiente e altamente capacitado, pois ele irá formar a liderança executiva da empresa. Os líderes executivos sabem como implantar seus pontos fortes em diversos contextos. Eles se adaptam às situações rapidamente e identificam o melhor curso de ação com base em seu autoconhecimento. 

O desenvolvimento de um gestor executivo garante o desenvolvimento dos colaboradores e dos negócios, melhorando sua vantagem competitiva e criando uma organização de alto desempenho.

Para isso, é preciso investir no desenvolvimento de liderança e garantir que o negócio prospere com sucesso no curto e no longo prazo.

Para tornar isso possível, é necessário que:

  • Os gerentes de nível executivo, profissionais da alta administração e outros membros que desenvolvam cargos de liderança, pensem a partir de uma perspectiva multifuncional em que são responsáveis ​​pela construção de uma estratégia que aumente o desempenho da empresa;

  • Os executivos devem ter uma visão ampla da missão geral da organização e da estratégia de negócios para se concentrar na criação da vantagem competitiva. Quando os executivos efetivamente definem, comunicam e impõem padrões de alto desempenho, eles podem aumentar o potencial da empresa;

  • Muitas vezes o negócio sofre muito quando as equipes de negócios ou de liderança funcionam sem a comunicação adequada, isolando suas funções. Uma boa gestão executiva vai cuidar de forma estratégica da comunicação entre os setores para que toda a engrenagem da empresa funcione corretamente.

Competências de uma equipe de alta performance

Foco estratégico

Equipes executivas eficazes estabelecem uma visão para a organização e investem tempo e energia consideráveis ​​no nível estratégico. Eles equilibram risco e inovação, antecipam necessidades e oportunidades futuras e buscam garantir a sustentabilidade da organização.

Abordagem coletiva

Equipes executivas de alto desempenho trabalham juntas, tendo uma visão de toda a empresa de suas funções individuais e de equipe. Eles modelam para toda a organização maneiras de quebrar silos e desenvolver soluções para problemas de negócios juntos. Indivíduos em equipes executivas de alto desempenho priorizam os interesses da organização sobre os ganhos individuais.

Interação da equipe

Finalmente, as melhores equipes executivas são intencionais em suas interações. Eles valorizam suas diferenças, ouvem e se comunicam bem, buscam informações uns dos outros e confiam e respeitam uns aos outros. Esses comportamentos tornam as equipes mais eficazes. Fundamentalmente, eles também mostram para o resto da empresa como as equipes devem se comunicar.

​​​​Quais são as principais atividades de um gestor executivo?

As funções executivas podem variar de empresa para empresa com base no fluxo de trabalho operacional de um departamento.  Abaixo estão algumas responsabilidades mais comuns:

  • supervisionar as operações e atividades de um departamento;
  • cooperar com outros gerentes de departamento;
  • reporte à alta direção sobre o andamento de cada departamento;
  • capacidade de se comunicar com sucesso com todos em seu departamento, independentemente do tipo de personalidade;
  • orçamentos e implementação de políticas e procedimentos para atingir metas de orçamentos;
  • criar um equilíbrio estratégico de carga de trabalho e possíveis problemas de recursos;
  • gerenciar assuntos de pessoal, como recrutamento e demissão;
  • gerenciamento e negociação de contratos, bem como análise de desempenho de dados para tomar as melhores decisões de negócios.

Para compor a equipe de gestão executiva é indicado que os gerentes tenham no mínimo 5 anos de experiência.

Conclusão

Um gestor executivo desempenha dois papéis críticos em uma organização.

A primeira é óbvia: eles fornecem liderança estratégica e operacional para a empresa, pois estabelecem metas, desenvolvem estratégias e garantem que elas sejam executadas de forma eficaz.

A segunda, menos óbvia, mas igualmente importante: a equipe executiva fornece o DNA organizacional e cultural da empresa. Quão bem a equipe executiva funciona como um corpo de liderança coletiva e como seus membros interagem, servem como modelo que as equipes em toda a organização seguirão.

Aqui na Mapah, nós temos a cultura de desenvolver profissionais e formar líderes, afinal, gerar oportunidades é um dos nossos valores organizacionais. Nossos colaboradores participam de cursos e MBAs voltados para liderança, pensados e planejados exclusivamente para nós.

Deseja fazer parte de um escritório que é referência nacional em contabilidade? Confira nossas vagas abertas!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir