&ev=PageView&noscript=1"/> Margem de Contribuição Unitária: como calcular a da empresa?
Contábil

Margem de Contribuição Unitária: como calcular no seu financeiro?

Publicado em 06/10/2022
Margem de Contribuição Unitária: como calcular no seu financeiro?

Margem de Contribuição Unitária é um indicador que aponta quanto uma empresa obteve de lucro, decorrente da venda de produtos e/ou serviços, após ter pagado todos os custos fixos e variáveis.

Explicando de outro modo, trata-se da sobra de receita posteriormente ao pagamento de todas as despesas.

Entre suas aplicações, a Margem de Contribuição Unitária pode ser usada para auxiliar os gestores a decidirem se devem, ou não, continuar comercializando determinados itens.

Por exemplo, se uma companhia vende um produto com uma Margem de Contribuição positiva, esse item está gerando quantia suficiente para cobrir sua parte nos custos fixos da empresa.

Por conta disso, o índice de Margem de Contribuição leva a análise financeira um passo adiante para mostrar o percentual de cada unidade vendida que contribui, ou não, para cobrir os custos variáveis ​​e gerar lucro para o negócio.

Quando você administra uma empresa, obviamente é importante entender o quão lucrativo é o negócio.

Muitos líderes analisam a Margem de Lucro, que mensura o valor total de excesso de receita de vendas frente aos custos.

Todavia, se você quer entender como um determinado produto contribui para o lucro da sua empresa, é fundamental utilizar a Margem de Contribuição de forma mais aprofundada.

Neste artigo, explicaremos tudo sobre esse índice, incluindo o que é, a importância, vantagens de utilizá-lo, como calcular e muito mais. Por isso, siga a leitura e confira tudo agora mesmo!

O que é Margem de Contribuição Unitária?

Margem de Contribuição é a receita que uma empresa obteve com a venda dos produtos ou serviços, menos os custos e despesas variáveis relacionadas diretamente à comercialização desses itens.

Também chamado de ganho bruto ou lucro bruto, esse índice ajuda os gestores a constatarem se a receita obtida pela venda dos produtos/serviços é suficiente para cobrir os gastos que esses geram e ainda resultar em lucro para o negócio.

Como funciona a Margem de Contribuição Unitária?

Geralmente, os responsáveis pelas empresas analisam o preço mínimo pelo qual um produto pode ser vendido para cobrir as despesas básicas e fixas do negócio — para você compreender essa prática melhor, vale destacar que as despesas fixas não variam com o aumento ou diminuição da produção.

No caso, elas incluem custos como aluguel de prédio, impostos sobre propriedade, seguro comercial e outros que precisam ser pagos, independentemente de o negócio vender ou não.

Assim, os analistas calculam a Margem de Contribuição encontrando primeiro o custo variável por unidade vendida e subtraindo-o do preço de venda por unidade.

Os custos variáveis variam conforme o nível de unidades produzidas e incluem despesas como matérias-primas, embalagens e mão de obra utilizada para produzir cada unidade desses produtos, entre outras.

O resultado desse cálculo mostra a parte da receita de vendas que não é consumida pelos custos variáveis ​​e está disponível para atender os custos fixos, também conhecido como Margem de Contribuição.

Dessa forma, a análise da Margem de Contribuição também ajuda as empresas a medir sua alavancagem operacional. Assim, as empresas que vendem produtos ou serviços que geram maior lucro, com menores custos fixos e variáveis, ​​têm uma alavancagem operacional acima da média.

Por fim, a Margem de Contribuição Unitária é definida a partir do cálculo de um produto específico. Com ela, é possível avaliar como está a saúde financeira da sua empresa e se o que está sendo vendido é suficiente para pagar todas as contas e ter rentabilidade.

Qual a importância da Margem de Contribuição Unitária para empresas?

A Margem de Contribuição Unitária é importante porque mostra quanto a empresa consegue gerar de faturamento a partir das vendas realizadas, e se essa quantia é suficiente para pagar todas as despesas e ainda resultar em lucro.

Ao utilizar esse índice, os gestores conseguem verificar como está a saúde financeira do negócio — por exemplo, se a companhia está operando no vermelho (o que é um alerta que requer tomadas de decisão rápidas), ou se tem saldo suficiente para se manter ativa sem gerar novas dívidas e ainda crescer.

Esse indicador também auxilia aos administrados do negócio a decidirem a melhor forma de distribuição de verbas, aplicando os valores corretamente, de acordo com a necessidade da companhia e seu plano de crescimento.

Qual a diferença entre Margem de Contribuição, Margem Líquida e Margem Bruta?

Durante a gestão financeira de um negócio, você encontrará diversos termos. Muitos podem soar parecidos, mas cada um representa algo distinto e também tem aplicação diferenciada. Como é o caso da Margem de Contribuição, Margem Líquida e Margem de Lucro.

Como comentamos, a Margem de Contribuição é um KPI financeiro que aponta se a receita obtida com a venda de produtos e/ou serviços é suficiente para cobrir as despesas fixas e ainda gerar lucro para o negócio.

Já a Margem Líquida, ou Margem de Lucro Líquida, aponta a lucratividade real da companhia a partir de cada receita que entra no caixa. Isto é, esse indicador é o resultado da subtração do lucro bruto do negócio do valor total de todas as despesas.

Quanto a Margem de Lucro, também chamada de Margem Bruta, mensura a rentabilidade da empresa e o percentual de retorno perante um investimento financeiro.

Em outras palavras, consiste na quantia que sobra da venda de um produto/serviço após a subtração dos custos gerados para fabricação ou comercialização do item em questão.

Quais são os principais benefícios de calcular a Margem de Contribuição Unitária?

Os principais benefícios de calcular a Margem de Contribuição Unitária são:

  • melhorar a precificação de produtos e serviços;

  • aprimorar as estratégias do planejamento comercial;

  • encontrar o ponto de equilíbrio do negócio.

Esses retornos acontecem porque analisar a Margem de Contribuição total e/ou unitária ajuda os gestores a tomarem várias decisões, desde adicionar ou subtrair uma linha de produtos, até mesmo precificar um item corretamente e estruturar comissões de vendas.

O uso mais comum é para comparar produtos e determinar quais vale a pena manter e quais tirar do portfólio de vendas.

Por exemplo, se a Margem de Contribuição de um produto for negativa, significa que a empresa está perdendo dinheiro a cada unidade que produz/vende, devendo reduzir a comercialização ou aumentar o preço de venda.

Por outro lado, se um produto tem uma Margem de Contribuição positiva, provavelmente, vale a pena mantê-lo e continuar vendendo-o.

Confira, agora, detalhes de cada uma dessas vantagens

Melhorar a precificação de produtos e serviços

Para uma estratégia comercial apresentar resultados positivos, é fundamental que os produtos tenham um preço de venda que possibilite gerar Margem de Contribuição também positiva.

Apesar da dificuldade em manter preços mais altos que o seu concorrente, é importante sempre avaliar se é interessante para sua empresa ter preços muito baixos, e de quanto eles podem ser.

Examinando cuidadosamente a Margem de Contribuição Unitária do seu catálogo, você conseguirá equilibrar preços atrativos em alguns itens, com maior margem, e outros para atingir rentabilidade e continuar atraindo clientes, mantendo a saúde financeira do negócio.

Aprimorar as estratégias do planejamento comercial

Essa métrica também mostra quais produtos e serviços são rentáveis e quais estão gerando prejuízo para o seu negócio.

Com esses dados à disposição, fica mais fácil avaliar se realmente compensa manter no portfólio os produtos que contribuem menos para o ganho bruto da sua empresa, ou não.

No entanto, atenção! É muito importante manter alguns itens de margem mais baixa para dar mais opções aos clientes. Nem sempre isso precisa ser um problema, depende dos objetivos da organização e de uma análise feita com olhar estratégico para conseguir alcançá-los.

Encontrar o ponto de equilíbrio do negócio

Esse KPI financeiro é essencial para determinar o Ponto de Equilíbrio (POE) da empresa, ou o que conhecemos como “break-even”, momento em que a receita da venda dos produtos e serviços é igual aos custos e despesas.

Assim, se o negócio não tem lucro, mas também não tem prejuízo, a tendência é, em breve, começar a ser lucrativa.

Para calcular o ponto de equilíbrio, aplique a equação:

Com a Margem de Contribuição Unitária será muito mais fácil descobrir qual o volume de vendas necessário e qual preço mínimo dos seus produtos e serviços para alcançar o equilíbrio financeiro do negócio.

Dica! Aproveite e leia também: "Os principais KPI’s financeiros para uma empresa saudável"

Como calcular a Margem de Contribuição Unitária?

Para encontrar a Margem de Contribuição Unitária, você precisará de três informações:

  • preço de venda por unidade;

  • custo variável unitário;

  • despesa variável unitária.

Após levantá-las, você deve aplicar esses dados à seguinte fórmula:

Para interpretá-la de maneira correta, você precisa saber o que cada uma dessas variáveis representa. Por isso, a ajuda de um profissional é essencial.

Vejamos o seguinte exemplo:

A empresa X vendeu 100 unidades de um produto por R$ 8,00 cada. Seus custos unitários são de R$ 1,50 e as despesas variáveis somam R$ 1,00. Qual será a Margem de Contribuição Unitária?

Logo, a Margem de Contribuição Unitária é: MC unit = R$ 8,00 – R$ 2,50 = R$ 5,50

3 dicas para melhorar a Margem de Contribuição da sua empresa!

Fez as contas e a Margem de Contribuição do seu negócio não gerou o resultado esperado? Então, aqui vão três dicas que ajudarão a melhorar esse índice.

Faça uma avaliação de custos

Analise se é possível reduzir os custos variáveis do produto/serviço, procurando outros fornecedores ou matéria-prima com melhor custo-benefício, por exemplo. Além disso, você também pode negociar outras formas de reduzir as despesas variáveis.

Revise os preços

Já parou para pensar que os custos do seu produto/serviço podem ter aumentado e você ainda não realizou o devido reajuste? É importante sempre reavaliar a precificação do seu catálogo para não ter prejuízo, não deixando de considerar os preços praticados pela concorrência para manter sua competitividade.

Acompanhe os resultados financeiros

Mantenha uma visão clara e objetiva das suas metas empresariais e acompanhe as entradas e saídas do seu fluxo de caixa e sua Margem de Contribuição para ter uma melhor visão da saúde financeira da empresa.

Qual a Margem de Contribuição ideal?

Em linhas gerais, quanto maior a margem, melhor; e quanto maior o resultado do índice, mais dinheiro terá disponível para cobrir os custos fixos ou despesas gerais da sua empresa

Todavia, uma boa Margem de Contribuição é relativa, visto que depende da natureza da companhia, sua estrutura de despesas e se é competitiva com seus pares de negócios.

Uma forma de chegar ao índice ideal para sua empresa é observar a Margem de Contribuição por produto ou linha de produto e analise a lucratividade de cada um.

Vender produtos ao preço atual pode não fazer mais sentido e, se a Margem de Contribuição for muito baixa, pode valer a pena descontinuar totalmente a linha de produto/serviço.

Essa estratégia pode agilizar as operações e ter um impacto positivo na Margem de Contribuição Geral da sua companhia.

Somado a tudo isso, é fundamental contar com o apoio de profissionais contábeis qualificados para lidar com a gestão financeira do seu negócio. Só assim, você conseguirá levantar as informações que precisa para chegar a dados de análise exatos e aumentar seus resultados, além de manter a saúde financeira do seu negócio crescendo.

Com um atendimento contábil com uma postura consultiva, fica muito mais fácil acompanhar o crescimento da sua empresa!

Aqui, na Mapah, nosso time está constantemente atualizado e pronto para compartilhar conhecimento e gerar insights que vão fazer diferença para o negócio.

Nos acompanhe em nossas redes sociais, Instagram e LinkedIn, e fique por dentro de tudo!

Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao navegar em nosso site, você concorda com tal monitoramento.

Prosseguir